sábado, outubro 18

You can have it...


Preparo o meu coração para a partida. Coso-lhe as artérias e esvazio-o de sangue. Depois hei-de enchê-lo de memórias, as suficientes para me alimentar mil anos. Entretanto, arrancarei os mil vasos e veias do meu corpo e deixarei a cada um de vós, emprestado, um pedaço para que não me esqueçais. Pedir-vos-ei que o guardeis numa caixa, talvez sob a almofada; para que cada noite lembreis alguns dos nossos bons momentos vividos. Proibidas serão as lágrimas de tristeza. Devemos sempre alegrar-nos por nos termos conhecido e por, ainda que na distância, podermos alimentar os laços que nos unem. A todos vós, obrigado.

5 Comments:

At quinta-feira, 23 outubro, 2008, Anonymous sandra said...

Obrigada tu por existires...beijo(já com saudade)

 
At sábado, 08 novembro, 2008, Blogger schumaniano said...

¿Te vas?
¿Seguirás escribiendo?
Tus escritos son un camino

 
At sexta-feira, 19 dezembro, 2008, Anonymous Anónimo said...

Gratidão é uma sensação tão agradável.Cresce onde sementinhas são lançadas, floresce sob o sol.
Um coração caloroso e bom, cresce mais quando é cuidado. Todas temos motivos de gratidão para pessoas que nas nossas vidas têm tempo para partilhar e nos fazer saber por bons actos que nós estamos em seus pensamentos.
As coisas que nos fez, com tanta compreensão e bondade, encheram-nos de gratidão por termos a sua amizade.
Obrigada, por se importar conosco.
Tag 01

 
At quarta-feira, 24 dezembro, 2008, Anonymous Anónimo said...

Não podia deixar de fazer um comentário, sei que são proibidas as lágrimas de tristeza, no entanto consigo evitar sempre que penso que vou tar "longe" da melhor pessoa que conheci até hoje, porque por vezes quando estou ansiosa, preocupada e me sinto perdida com alguma situação o facto de estar junto de ti consigo sorrir e sentir-me bem melhor, mesmo que as coisas permaneçam inalteradas. Quantas vezes tu não me fazes rir quando tenho vontade de chorar...
Gostava de te deixar um comentário lindo como mereces, mas não tenho capacidade de fazer um à tua alturapor isso só me resta agradecer-te por seres meu amigo e por fazeres parte da minha caminhada e não me esqueças nunca.. ADORO-TE

 
At quarta-feira, 21 janeiro, 2009, Anonymous Alguém que te admira said...

ESPERA

Horas, horas sem fim,
pesadas, fundas,
esperarei por ti
até que todas as coisas sejam mudas.

Até que uma pedra irrompa
e floresça.
Até que um pássaro me saia da garganta
e no silêncio desapareça.


Eugénio de Andrade

 

Enviar um comentário

<< Home