quinta-feira, março 9

Há uma espécie de asma mental, em que sufoco

Procurei-a meses a fio. Depois, ocupou-se-me a cabeça com outras preocupações que não a de uma simples frase que retrata qualquer um que se dedique, minutos que seja, à escrita. Passaram alguns anos, a juntar aos tais meses de incessante busca. Hoje, a querer gozar por instantes um sol tímido de uma tarde, peguei numa revista, folheei-a sem presa, com os olhos de um passeio de domingo. A chegar à página treze, a tal página que já me autoriza a desistir de um qualquer livro menos interessante, encontrei-a; e ei-la para regalo dos vossos olhos (e dos meus):
A dificuldade está em manter, fora do espírito, na página, a velocidade, o ritmo, a temperatura a que as imagens estão no espírito.

3 Comments:

At sábado, 11 março, 2006, Blogger Mikael said...

Diz quem sabe que por vezes quando menos se procura mais se encontra. O importante é saber o que se busca, para termos a certeza que o reconhecemos.

 
At sábado, 25 março, 2006, Blogger *junik* said...

mais uma prova de que se deve ler só mais uma página...sim, porque regala mesmo os olhos.

 
At terça-feira, 16 maio, 2006, Anonymous isabel said...

Gostei especialmente da última frase. Exprime exactamente aquilo que sinto (mas não consigo transmitir)...

 

Enviar um comentário

<< Home