segunda-feira, março 19

hoje sou sombra


Escrevo entre sombras, onde as memórias são pedras e onde o caminho se faz lama. Disfarço-me , depois, em sorrisos e choro por dentro. Salgam-me as lágrimas as entranhas e secam-me. As palavras. Os lábios. Os olhos. As mãos. Os gestos. Hoje sou sombra.

7 Comments:

At segunda-feira, 19 março, 2007, Anonymous Anónimo said...

Não digas isso amigo. Contigo aprendi a olhar a luz de outra maneira; descobri o sentido da palavra amigo.
Não digas isso: tornaste-te importante para mim. Obrigado pela beleza que imanas...
João

 
At sábado, 24 março, 2007, Blogger antigonadesejo said...

És o que és, mas podes vir a ser muito mais. Lindo e interessante o teu escrito. Escreves muito bem... vamos conversar e hoje serás sol.
Abraço grandalhão.

Antígona do desejo

 
At domingo, 25 março, 2007, Blogger M@rko said...

Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons cinzas...

O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si. Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência, porém, preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecê-la...

Para os erros há perdão;
Para os fracassos, chance;
Para os amores impossíveis, tempo...

Quanto ao facto de seres sombra... nao me importava nada de me abrigar nela de vez em quando...

É preciso mudar... aceitam-se sugestões...

 
At domingo, 25 março, 2007, Blogger Bandida said...

como dizer-te das sombras?

estas palavras tuas. encantam.
me.




B.
______________________________

 
At segunda-feira, 26 março, 2007, Anonymous guida said...

Eu aviso...isto vai ser lamechas.

(O resto do trio praticamente que me obrigou a passar por aqui)Mas elas têm razão.Quer dizer, eu sou o membro do trio que não tem paciência para os blogs e os fotologs e os olacincos e etc.....Mas hoje fiz um esforço.E tudo isto para dizer, e penso que falo por todos, que foi dos s'tôres de portugues mais curtidos que nós tivemos.


Continue a escrever mesmo que seja entre sombras.



p.s.vou tentar passar po aqui mais vezes...

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Anonymous Anónimo said...

Viva, desde aquele encontro na noite depois de um dia de trabalho em T. de Moncorvo...
abraço-te!

 
At sexta-feira, 01 junho, 2007, Blogger maria said...

é porque existe algures uma luz

 

Enviar um comentário

<< Home